31 de out de 2015

Sandy se apresenta em Paulínia

Junior lima, Mônica Benini, Noely, Lucas Lima e Sandy (Foto: Manuela Scarpa/Photo Rio News) Sandy levou o repertório de seus dois discos solos, "Manuscrito" e "Sim" para o Theatro Municipal de Paulínia, em Paulínia, interior de São Paulo, na noite desta sexta-feira, 30. Para prestigiar a cantora, o irmão, Junior Lima e a esposa, Mônica Benini, a mãe, Noely, o marido, Lucas Lima, e até a avó de Sandy, Mariazinha, estiveram na plateia e posaram para os fotógrafos.

A set list foi novamente alterada com a música "Ilusão" e "Tempo". 

Este foi o último show da Turnê Teaser antes da gravação do DVD, que acontece nos dias 14 e 15 de Novembro em Niterói.

Fonte: Adap. Ego

Clique aqui para visualizar mais fotos da apresentação.

Assista aos vídeos nos links abaixo:

[VÍDEOS]
♪ 01 - Sim
♪ 02 - Ela.Ele 
♪ 04 - Escolho Você
♪ 06 - Pés Cansados
♪ 07 - Refúgio
♪ 08 - Segredo
♪ 09 - Sina
♪ 10 - Saideira
♪ 13 - Morada
♪ 14 - Meu Bem, Meu Mal
♪ 15 - Sem Jeito
♪ 17 - Não Dá Pra Não Pensar
♪ 18 - Aquela Dos 30
♪ 19 - Ponto Final

30 de out de 2015

Tici Visita: Junior Lima

Ticiane Pinheiro conheceu a nova rotina de Junior Lima e bateu um papo revelador com o artista. Junior falou sobre sua trajetória e explicou em detalhes o que aconteceu no dia em que ele e Sandy resolveram terminar a dupla. Hoje, ele mostra bastante versatilidade. Além de cantor, é músico, produtor musical e ainda se arrisca na fotografia. Assista!



Fonte: R7

29 de out de 2015

Sandy se une a bailarinas e canta na reta final de 'I Love'

Sandy grava participação com balé de Paraisópolis e arrisca passos (Foto: Ariane Ducati/Gshow)Com desenvoltura, delicadeza e sorriso de bailarina, Sandy se uniu ao balé de Paraisópolis para a gravação de cenas última semana da novela das 7. E em meio aos tutus cor-de-rosa, a cantora até arriscou 'entrar na dança' seguindo alguns passos do balé.

A música "Ciranda da Bailarina", de Chico Buarque e Edu Lobo, que embalou a apresentação está na trilha sonora de I Love Paraisópolis na voz de Sandy. "Eu fiquei tão feliz quando a música entrou [nas cenas], porque eu gravei especialmente para a novela. Então quando recebi o convite para vir cantar aqui, eu achei o máximo", contou.

Durante a gravação da sequência, as bailarinas não escondiam a ansiedade de dançarem pertinho da cantora e assim que completaram a coreografia, correram abraçá-la. Um momento para lá de fofo!

Em entrevista ao Gshow, Sandy ainda lembrou que o diretor geral de I Love Paraisópolis, Carlos Araújo, também a dirigiu quando protagonizou a novela Estrela Guia, de 2001, com a personagem Cristal. "O mundo é muito pequeno", disse a cantora.

Fonte: GShow

Clique aqui para visualizar mais fotos da gravação.

28 de out de 2015

Sandy participa de gravação de 'I Love Paraisópolis'

Sandy e Fabio Gozzy (Foto: Divulgação/Bakalla)Os capítulos finais de "I Love Paraisópolis" prometem! Nesta terça-feira, 27, Sandy participou de uma gravação da novela no restaurante fictício "Cebola Brava", onde o personagem Orlando, interpretado por Fábio Gozzi, comanda a cozinha.

Fonte: Ego

Clique aqui para visualizar mais fotos dos bastidores da gravação.

26 de out de 2015

[VÍDEO DA SEMANA]


Eu queria que este post fosse ao ar há umas semanas (na verdade, desde a segunda feira depois do show da Sandy em SP, que foi dia 10/10); mas não tive oportunidade de fazer isso antes. Sei lá, no meio do caminho, surgiram alguns outros assuntos para comentar e esse foi ficando. Para a coluna de hoje, não sabia mesmo sobre o que postar; foi então que lembrei deste vídeo e... era o momento de postá-lo.

Neste vídeo aparece a Sandy e o Junior cantando "A Lenda" no Rock In Rio. Tenho que confessar à vocês que eu nunca tinha assistido inteiro o show do Rock In Rio até esse mês. O que acontece é que, na época que eles participaram, eu não tinha o Multishow... portanto, só assisti ao resumo que passou na Globo. Depois de muito tempo, quando o Youtube já tinha se tornado em algo maior, achei o show completo por lá, só que com uma qualidade bem baixa. Não quis assistir, justamente por causa disso. Sou meio chata com essas coisas, sabe? As vezes prefiro deixar pra lá a assistir algo com qualidade ruim. Depois de mais tempo ainda, comprei o DVD com o show do Rock In Rio na íntegra (comprei deste site aqui. Tem muitos DVDs da Sandy e de Sandy e Junior feitos por um fã... já tenho vários e super indico pra vocês, porque é MUITO bom!). Na verdade, tenho uma lista de DVDs para comprar desse site... dentre eles, optei pelo do Rock In Rio.

É claro que já sabia o quão emocionante foi... como já disse, assisti ao resumo e lembro de todas as vezes que os dois comentaram sobre esse show. Porém, pela primeira vez, eu consegui sentir aquela tão comentada emoção. Gente... o que foi aquilo?! =O Muita gente que estava ali, estava para assistir aos grandes nomes internacionais da noite e, mesmo assim, a Sandy e o Junior conseguiram conquistar todo aquele publico. Incrível!! Deu pra entender o porque das críticas positivas, o porque esse show é tão marcante e lembrado até hoje.

Por causa disso, escolhi este vídeo. Na minha opinião, foi a música mais emocionante do show por 2 motivos: 1) achei LINDO esses balões que foram soltos no ar. Não sei se era a intenção, mas me lembraram luas cheias. 2) Quando a música termina e a Sandy pede para o publico cantar com ela só o refrão... e o povo canta muito e muito alto. É lindo, arrepia, emociona.

E eu que sempre achei que a parte mais linda do Rock In Rio foi o momento em que cantaram "Olha O Que O Amor Me Faz"...
(até escrevi um post sobre isso! Clique aqui para ler ou reler.)

24 de out de 2015

Sandy se apresenta em BH

Na noite de sexta-feira, 23, Sandy se apresentou em Belo Horizonte,
Mais uma vez a setlist foi alterada, trocando "Libertar" por "As Quatro Estações".

No meio do show, um fã levantou um cartaz pedindo para cantar com Sandy a música "Angel". Para surpresa de todos, o pedido foi aceito. Assista ao vídeo do momento clicando aqui.

O próximo show da Turnê Teaser acontece em Paulínia (SP), no dia 30.


Assista, nos links abaixo, alguns vídeos do show.

[VÍDEOS]
♪ 04 - Escolho Você
♪ 05 - Só Hoje
♪ 06 - Pés Cansados
♪ 07 - Refúgio
♪ 08 - Segredo
♪ 10 - Saideira
♪ 12 - Mais Um Rosto
♪ 13 - Morada
♪ 14 - Meu Bem, Meu Mal
♪ 15 - Sem Jeito
♪ 18 - Aquela Dos 30
♪ 19 - Ponto Final

21 de out de 2015

Junior Lima e mulher prestigiam SPFW

Junior Lima e a mulher, Monica Benini, escolheram looks monocromáticos para prestigiar a terceira noite de desfiles da SPFW, nesta terça-feira (20), em São Paulo.

O cantor bateu um papo sobre moda e inclusive soltou uma piadinha ao ser perguntando com qual roupa se sente mais confortável: "Confortável mesmo eu me sinto sem roupa, mas para sair de casa prezo pelo conforto. Por exemplo, tento não usar uma calça que me aperte muito em algum lugar ou me incomode de alguma forma. Em segundo lugar, vem o estilo, que acaba sendo um pouco importante, até porque a imagem faz parte do meu trabalho."

Ele, que é considerado um dos homens mais bonitos do Brasil, contou que não se considera um metrossexual, mas tem sim, uma certa vaidade: "Tive que desenvolver uma vaidade. Sempre que saía falavam que eu tinha que estar arrumado, que teria algum fotógrafo. Só que não sou tão vaidoso assim, de ficar passando creme. Gosto de ficar à vontade. Quando eu vou à praia, uso sunga. Não gosto de ficar com a marca de bermuda."

Durante o desfile, muitos modelos apresentaram look com saias, moda que não foi muito bem aceita por Junior. "Acho que usaria até em um show ou dentro de algum contexto, mas no meu dia a dia, não me vejo assim. Ainda não tenho essa coragem para sair de saia", brincou.

Os fãs que sonham em rever Junior Lima na TV não devem ter muitas esperanças. Junior Lima confessou que não tem vontade de voltar a interpretar: "Sempre fui muito mais ligado à música. Nunca me considerei um bom ator", diz. No momento, Junior produz um novo CD e fala que passa a maior parte do dia em um estúdio de gravação. Na televisão, ele fez sucesso ao lado da irmã, no seriado Sandy e Junior, que foi ao ar na Rede Globo entre 1999 e 2002, virou mania entre os adolescentes durante suas quatro temporadas.

No próximo dia 25, Junior completa um ano de casado. Eles, que já moravam juntos antes de oficializar a união, confessaram que está melhor agora: "Está sendo cada vez melhor. Foi realmente um encontro." Junior leva com bom humor a cobrança por um herdeiro: "Não é só a imprensa que cobra, todo mundo cobra. Quando você namora, perguntam quando irá casar e depois quando casa, começam a perguntar quando você terá um filho. Quando o filho nascer, não sei. Será que irão me cobrar, quando serei avô? A hora que a gente achar que é adequado vai acontecer. Se vier de surpresa, também será bem-vindo."

Clique aqui para visualizar mais fotos de Junior e Monica na SPFW.

Fonte: R7 / Terra / Quem

20 de out de 2015

Sandy fala sobre DVD e músicas novas, filho, Junior e nova geração da música

sandy_fechada_audicao_5

Dentro de três meses, Sandy faz aniversário de 33 anos (sim, não parece!). Ao mesmo tempo, está completando 25 anos de carreira. Estranheza numérica que o Brasil inteiro compreende, porque a vê e ouve desde “Maria Chiquinha”. Suas bodas de prata são comemoradas com a gravação de um DVD ao vivo, marcado para o mês que vem, e antes ela faz uma miniturnê, que chama de “teaser”, para conceber essa apresentação. O primeiro show aconteceu no dia 17, no Tom Brasil, em São Paulo, onde cabem cerca de dois mil espectadores sentados. Devido à lotação máxima, houve uma sessão extra no dia seguinte. Mas, na primeira noite, uma cena tocou os fãs de todo país, em vídeo disseminado e repetido milhares de vezes na Internet: a cantora entrou no palco, começou a cantar “Sim”, a faixa-título do álbum lançado em 2013, e se emocionou ao ponto da voz embargar.

– O que você pensou naquele momento? O que sentiu? – pergunto uma semana depois, uma hora antes do terceiro show da miniturnê, no Vivo Rio, no Rio de Janeiro.

– É menos pensar e mais sentir, mesmo. – responde a cantora no camarim, minutos depois de receber os amigos Raoni Carneiro (diretor do show), Fernanda Rodrigues e Paulo Vilhena nos bastidores – Foi uma emoção enorme, porque já fazia quase um ano e meio que eu não pisava no palco assim, de show mesmo. Tinha feito uma coisinha ou outra, tinha feito o “Superstar”, mas não tinha feito o meu show para o meu público, então é aquele público que me recebe com tanto carinho, tanto calor, tanta emoção, tanta energia boa… e acaba transmitindo. Eu sou muito sensível a isso, sabe? Sinto na hora! Não sei… Transborda, parece. Dá uma vontade de chorar mesmo.

Sandy ficou um ano e meio fora dos palcos por causa da maternidade, novo marco em sua vida. No dia 24 de junho de 2014, ela deu a luz ao Theo Scholles Lima, fruto do seu casamento de sete anos com o músico Lucas Lima. A artista, que sempre sonhou em ser mãe, tirou todo esse tempo para se dedicar ao bebê, que, ao contrário dos filhos de outras celebridades, não virou capa de revista. A privacidade que ela defendeu para si a vida inteira é potencializada quando se trata do menino. Firme em sua decisão de não expor a criança, ela não mudou de posicionamento nem mesmo gerando antipatia na opinião pública. Seus fãs, no entanto, senão a apoiam nessa questão, a entendem – afinal, são 25 anos de atenção a cada gesto e declaração, suficientes para compreender um pouco de sua personalidade. Superexposta a maior parte da vida, é interessante que Sandy se emocione para uma plateia de dois mil – sem ter perdido o rebolado quando fez show para mais de um milhão de pessoas com Junior em João Pessoa (em 2000), quando cantou no Rock in Rio para 250 mil espectadores (2001), e nem quando levou sua megaturnê para o Maracanã (em 2002). O que mudou, então?

– Você sabe que quando eu voltei a cantar depois de ter terminado a dupla, que eu fiquei três anos praticamente longe do palco, foi uma emoção bastante parecida. E teve outra coisa agora, né? Foi um outro motivo. Eu fiquei um ano e meio parada, mas foi pela maternidade, foi para ter o Théo. Eu acho que isso modifica a gente de um jeito irreversível, definitivo, né, e muito bom, muito positivo. Voltar para o palco, com essa bagagem nova que eu tenho agora, e ver que as pessoas ainda estão lá, foi uma coisa que me deixou muito emocionada. Tudo agora tem um novo sentido para mim, sabe?

O filho da princesa já entende que tem que dividir a mãe com o público? Se Sandy tem fãs fieis, que cresceram com ela na época da dupla e abraçaram sua carreira solo, há uma imensidão de pessoas que a acompanha de longe, com carinho pela época de “Inesquecível” e “Turu Turu”, por exemplo. São brasileiros que não ouvem “Pés Cansados” e “Aquela dos 30”, mas se a virem na rua vão pedir uma foto e um abraço, porque ela marcou a infância e adolescência deles. Mantido longe da mídia, será que Theo já entende o que a mãe significa para tanta gente? “Ele já me viu no palco! Curtiu muito! Ele curte, fica batendo palma, e ele aponta, fica falando ‘mamã’, ‘mamã’. Ele fica acompanhando as músicas, ele se diverte, ele acha o máximo!”.

Foi por causa dos cuidados com o filho, também, que Sandy se disse sem inspiração para um álbum de estúdio, há cinco meses. O público esperava um disco novo para este ano, e o projeto foi adiado, com o DVD ao vivo vindo antes. Nesta entrevista, porém, ela diz que a inspiração está começando a voltar, após o “Superstar”. É interessante imaginar o que virá por aí, no primeiro disco como mãe. No álbum solo de estreia, “Manuscrito” (2010), Sandy se mostrou bastante melancólica. No segundo, “Sim”, veio mais solar e alegre. E agora?

– Ah, eu continuo falando de mim, das minhas emoções, do que eu consigo colocar na música não de uma maneira autobiográfica, mas que imprima as minhas emoções, né? As músicas imprimem as minhas emoções, de alguma maneira. Eu continuo assim, escrevendo sobre o que eu sinto, mas acho que estou em uma tendência… (se interrompe) É que essa música nova que eu coloquei no show é bem alegre, mas as outras coisas que eu estou fazendo não são tão alegres assim. Eu estou tendendo a ter um momento um pouquinho mais introspectivo de novo.

A música nova a qual se refere é a composta com Daniel Lopes, da banda Reverse, que ela conheceu no programa que trabalhou como jurada na TV Globo. Substituindo Ivete Sangalo, Sandy se encantou com as composições da banda e fez no ar o convite para uma parceria. O resultado foi essa canção, de título ainda incerto (poderá ser “Respirar” ou “Pra Respirar”), a única pronta para o DVD por enquanto. Há outras encaminhadas, mas ainda não finalizadas. Questionada sobre o futuro, a divulgação desse projeto, ela diz que pretende usar o vídeo do show como clipe, mas “depois que sair o CD, porque vai sair o CD ao vivo também, vai ver”. Certa mesmo é a turnê que ela fará em 2016, com o show do DVD, que terá participações de Gilberto Gil e Tiago Iorc na gravação.

Com Gil, ela já cantou nem uma, nem duas vezes, mas um bocado delas – ele participou, por exemplo, daquele show de Sandy & Junior para 1,2 milhão de pessoas. A novidade é Tiago Iorc, de quem ela assistiu a um show em Campinas há três meses. Não conhecia muito bem seu trabalho, mas gostou do que viu. No Instagram, escreveu: “valeu a pena sair um pouquinho da toca pra conferir um talento assim”. O cantor, que antes só cantava em inglês, tem quase 30 anos e quatro álbuns, sendo um dos representantes da nova geração a música brasileira. Sandy admite que não é muito antenada no que há de novo.
– Ah, tem bastante gente boa, sempre tem música boa… Estou pensando aqui… (pausa) Hum… Eu não tenho estado muito atualizada, porque meu foco agora tem sido outro nesse momento, né? [o filho] Agora que eu vou parar para pensar em outras referências brasileiras, mas, não sei… O que eu posso citar aqui eu acho que não é mais considerado “nova geração”, que é a Céu. A Céu é uma que eu adoro, mas ela já tem uns anos de estrada.
sandy tietada fans

O curioso é que, dentre os artistas mais jovens, que bombam nas paradas atualmente, a maioria cresceu ouvindo Sandy & Junior. Luan Santana, Anitta e até Maria Gadú são fãs assumidos. A cantora de “Show das Poderosas” chorou quando gravou o “Altas Horas” ao lado de Sandy. Ícone de uma geração, ela, que citava Mariah Carey, Celine Dion e Elis Regina como ídolos quando tinha a idade deles, agora se vê como referência. Além da percepção óbvia, que “está ficando velha”, isso é sinal também de transcendência de uma época e marco na história do pop nacional.

– Eu nunca tinha pensado nisso, de agora estar sendo citada. Nunca tinha parado para pensar por esse ângulo, mas eu acho incrível, um máximo, quando alguém que tem uma carreira muito bem sucedida, ou alguém admirável, cita meu nome. Fico lisonjeada e me sinto muito honrada.

Sandy sabe, também, que essas citações não se devem apenas a ela. A maior parte de sua carreira foi construída ao lado do irmão. Os maiores números e grandes feitos são de quando cantava em dupla. É uma trajetória que ela não rejeita de forma alguma, e sempre faz questão de dizer que se orgulha. Nunca houve sequer um show da carreira solo em que ela não cantasse pelo menos uma música dos tempos áureos. Geralmente, são duas. Mas, com a simbologia dos 25 anos, os fãs têm pressionado para que eles façam algo juntos – o que ela diz que ainda não os contagiou. Mas então rola esse DVD solo, e…
05 (1)

– Qual a chance, de 0 a 10, do Junior aparecer para uma participação surpresa?
– No DVD? Zero! (risos) Talvez na plateia.

Antes da gravação, a turnê-teaser passa por Belo Horizonte no dia 23 e Paulínia no dia 30. No ano passado, quando cantou em Paulínia, que é do lado de Campinas, onde mora, Junior apareceu de surpresa (para ela) no palco. Os dois cantaram “A Lenda”, então fica a dica que Paulínia é o lugar. Mas os ingressos também estão esgotados.

Fonte: Portal PopLine

19 de out de 2015

Sandy nega plano de fazer musical teatral: “Não tem nada acertado”

Sandy não está com planos concretos para entrar no universo do teatro musical, ao contrário do que noticiou o jornal O Dia em maio. A cantora contou ao Teatro em Cena que não bateu o martelo quanto ao convite feito para integrar o elenco da próxima montagem de “O Rouxinol e o Imperador”, baseado no clássico de Hans Christian Andersen, com direção de Amora Mautner (das novelas “Avenida Brasil” e “A Regra do Jogo”).

– Isso foi um convite que chegou, mas meio por cima por enquanto. Eu não sei, mas acho que esse musical está suspenso por enquanto, não tem nada sendo feito… A gente não caminhou com essa ideia. Eu não sei por onde vazou isso. Não veio de mim. Um convite informal até chegou, mas não tem nada acertado.

No momento, Sandy está focada na gravação do seu segundo DVD solo, marcado para os dias 14 e 15 de novembro, no Teatro Municipal de Niterói. No ano que vem, ela fará uma turnê pelo país, apoiada nesse material. Amora Mautner, por sua vez, está comprometida com “A Regra do Jogo” até meados de março. De qualquer forma, a estreia do infantil era prevista apenas para o segundo semestre do ano que vem.

Carolina Dieckmann (da novela “A Regra do Jogo”), Domingos Montagner (de “Mistero Buffo”), Tiago Abravanel (de “Tim Maia – Vale Tudo, o Musical”) e Carmo Dalla Vecchia (de “Estranho Casal”) também foram convidados para o elenco – e dados como certos. A produção é associada à Flora Gil (da Gege Produções Artísticas) e ao Luiz Calainho (da Aventura Entretenimento), segundo as reportagens precedentes.

Fonte: Teatro Em Cena

[VÍDEO DA SEMANA]


Lá no começo do ano, quando o Viva voltou a reprisar o "Sandy & Junior", eu postei o primeiro clipe que passou no primeiro episódio do seriado. Não era como aqueles super produzidos do final... era um de meio de capítulo, bem simples, só os dois cantando "No Fundo do Coração". Se você não lembra, clique aqui para ler. Se lembra de ter lido, clica mesmo assim para reler ;)

Nesta semana que passou, foi ao ar o último episódio da última temporada do seriado =( sendo assim, acabaram-se as reprises. Pronto. Agora eu já posso dizer que tenho as quatro temporadas completas da série.
Foram 8 meses levantando super cedo da cama, com muita disposição e alegria para gravar Sandy e Junior. Me senti como se tivesse 11 anos de idade de novo... ansiosa por cada domingo, para acompanhar a história daqueles personagens que se tornaram tão familiares pra mim. Há anos, foi um encontro semanal. Neste ano, foi um encontro diário... era a meia hora mais feliz do meu dia. Além disso, foi muito gostoso acompanhar a evolução dos atores, o desenrolar dos enredos, o crescimento da Sandy e do Junior.
De certo que minhas manhãs ficarão mais vazias a partir de amanhã... vou sentir muita falta de ver os dois na TV, todos os dias. Acho que o Viva vai reprisar o seriado mais uma vez, mas não vou ter o compromisso, sabe?

Em Fevereiro, postei o primeiro clipe do primeiro episódio.
Hoje, para fechar esse ciclo do seriado, deixo vocês com o clipe final do último episódio da última temporada. É "Cai a Chuva", durante a festa de despedida da dupla no Condomínio Mata Atlântica. (só um comentário: que vontade de participar de uma festa assim... cheia de gente legal e tomando chuva hahahaha).

De "No Fundo do Coração" à "Cai a Chuva" foram 174 episódios, muitos videocaps de todos eles, muita música, muitas risadas, muito momentos marcantes, muito amor... e a chance de reviver isso sempre que eu quiser! <3

18 de out de 2015

Sandy se apresenta no RJ

Na noite de sábado, 17, Sandy levou ao Vivo Rio sua Turnê Teaser. O show foi repleto de surpresas, que começou com uma alteração na setlist. A cantora substituiu "Nada É Por Acaso" por "Libertar", ambas da época em que cantava em dupla com o irmão, Junior.

Assim como nos shows de SP, Sandy apresentou sua nova música (ainda sem título oficial) ao público que acendeu as lanternas dos celulares para acompanhar o momento.  

Sandy também cantou trechinhos das músicas "Inesquecível" e "Quando Você Passa (Turu Turu)", a pedido dos fãs que, em coro, puxaram os dois sucessos.

O próximo show da Turnê Teaser acontece em Belo Horizonte, no dia 23 de Outubro.


Acesse o Flickr para visualizar as fotos do show.









[VÍDEOS]
♪ 17 - Não Dá Pra Não Pensar
♪ 18 - Aquela Dos 30
♪ 19 - Ponto Final

15 de out de 2015

Sandy grava especial de Natal da Globo

Na noite de quarta feira, 14, Sandy gravou um Especial de Natal da Globo. Ainda não saíram muitas informações sobre este Especial. Sabemos apenas que vários cantores se reuniram nos bastidores e várias fotos desses encontros foram postadas.

@sandyoficial Eu e meu super convidado do DVD trocando boas figurinhas...
@sandyoficial Com a querida @gabyamarantos no camarim do especial de Natal da Globo... Delícia esses reencontros!
@sandyoficial Com a linda @claudialeitte tb!... Uhuuu!!
@sandyoficial Camarim completo em vermelho e prata.
@sandyoficial A foto saiu meio desfocada, mas tá valendo... Sempre bom demais reencontrar esse ídolo. Também meu convidado mais q especial do DVD... Eba!
@gilbertogil Com a querida @sandyoficial na gravação do especial de natal da Globo. Nos encontramos novamente dia 15/11 na gravação de seu DVD no Teatro Municipal de Niterói.
@claudialeitte Eu e as Lindasssssss! @gabyamarantos focada! Eu e @sandyoficial fofocando com alguém! Rs ♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️
@claudialeitte Agora, com a princesa @paulafernandes, @zizisantana tenta um 68... eu- assim, sei lá!- @sandyoficial focou e arrasou e @gabyamarantos, como sempre, impecável! Muita cantora doida num camarim só!!!!!
@tiagoiorc Trocando likes com essa coisa querida

13 de out de 2015

Sandy se apresenta em São Paulo

A noite do último sábado (10) foi de muita alegria e satisfação para Sandy. A famosa cantora escolheu o HSBC Brasil, espaço de shows localizado em São Paulo, para realizar o show que marcou seu retorno aos palcos, pouco mais de um ano depois do nascimento de seu filho, Theo, fruto do casamento com o também músico Lucas Lima.  A emoção tomou conta da estrela e seus fãs que lotaram a casa de shows paulista.

Antes de subir no palco e fazer a alegria dos fãs presentes no local, que chegaram super cedo no espaço e já estavam pra lá de animados mesmo antes da entrada da artista, a filha de Xororó e irmã de Júnior posou, toda simpática, para fotos e conversou com a imprensa em um espaço mais reservado do local. 

"Estou totalmente feliz de voltar aos palcos, de estar com meu pequeno comigo, em um momento tão especial  da minha vida, e eu tava morrendo de saudade de fazer show, então eu estou realmente muito feliz em estar aqui", disse ela, contando ainda que tinha levado o herdeiro para a apresentação especial. 

"O coração fica apertado né, se eu posso carregar, aqui é pertinho da minha casa, então tranquilo. O esquema não atrapalha a vidinha dele, então se ele estiver bem cuidado, em um lugar com bastante estrutura e der para ele ficar bem, eu posso trazer. Mas não vou levar em todos os shows", contou a mamãe coruja, com um largo sorriso no rosto.

Sandy subiu ao palco sendo ovacionada pela plateia e não segurou as lágrimas durante a primeira canção. "É muita emoção, tanta que transbordou no início. Obrigada por me prestigiarem. Obrigada pelo carinho. Foi fazendo o Superstar que me deu vontade de voltar para os palcos, vendo aquelas bandas. Não deu mais para esperar, o plano era voltar no ano que vem. Esse show é de uma turnê-teaser, só um aperitivo para o DVD e dos shows do ano que vem. Eu não ia aguentar esperar até o ano que vem para voltar aos palcos. O cenário está lindo, mas é só uma parte do que show que será construído aos poucos até o DVD", disse ela.

A cantora afirmou que estava com medo de não estar com sua melhor voz na apresentação de estreia. "Estava morrendo de medo porque estava rouca, sem voz, na semana passada. Hoje amanheci com gripe de novo. Mas estou bem e acho que é a força que vem daí", contou, apontando para o público.

Sandy cantou sucessos de seus dois CDs da carreira solo, Manuscrito e Sim, relembrou a dupla com o irmão, Junior Lima, fez releituras de músicas de outros artistas, como Só Hoje, do Jota Quest, e ainda cantou uma inédita. "No Superstar, gostei da banda Reverse, que é muito boa, e surgiu a ideia de compor uma música com o vocalista. Estava guardando para o DVD, mas vou cantar aqui!", disse ela, que ensinou o refrão para os fãs: 'Eu abro as asas e preparo a alma pra respirar'.

A cantora deve seguir fazendo shows, como uma espécie de prévia da turnê que vai fazer em 2016, no Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Paulínia antes de chegar em Niterói para o DVD em novembro.

Fonte: Adap. Caras / O Fuxico

Clique aqui para visualizar as fotos do show do dia 10/10.
Clique aqui para visualizar as fotos do show do dia 11/10.

Assista aos vídeos do show do dia 11/10.

[VÍDEOS]
♪ 01 - Sim
♪ 02 - Ela.Ele 
♪ 03 - Perdida e Salva
♪ 04 - Escolho Você
♪ 06 - Pés Cansados
♪ 07 - Refúgio
♪ 08 - Segredo
♪ 09 - Sina
♪ 10 - Saideira
♪ 12 - Mais Um Rosto
♪ 13 - Morada
♪ 14 - Meu Bem, Meu Mal
♪ 15 - Sem Jeito
♪ 16 - Nada É Por Acaso
♪ 17 - Não Dá Pra Não Pensar
♪ 18 - Aquela Dos 30
♪ 19 - Ponto Final

12 de out de 2015

[VÍDEO DA SEMANA]


Peço licença para ser óbvia e previsível neste momento... hoje é Dia das Crianças e, sim, vou escrever sobre isso! =D

Na verdade, pode ser que eu não seja tããão óbvia assim. Para celebrar o dia de hoje, não optei por um vídeo em que a Sandy e o Junior apareçam pequeninos e bem crianças. Escolhi mostrar uma participação da dupla, em um programa da Hebe especial de Dia das Crianças, em 1997. Eu tenho uma paixãozinha por essa apresentação, porque foi a primeira que gravei, aos 9 anos. Meu acervo de vídeos começa com este. Tenho coisas mais antigas gravadas, que passavam aleatoriamente na TV, mas oficialmente, meu arquivo começa aqui.
Lembro de assistir isso loucamente... para aprender a coreografia ou, simplesmente, porque dava vontade. Lembro de querer copiar o penteado e o figurino da Sandy. Inclusive, eu era MUITO apaixonada por essa roupa... achava maravilhoso esse casaco azul combinando com o short e a blusa.

Assisto este vídeo (e os outros desse programa, que tenho gravado inteiro) e penso em como era bom ser criança naquela época. Os programas e desenhos eram muito legais, não existia tanta malícia e maldade, nós tínhamos ídolos como Sandy e Junior, Chiquititas, Eliana... era bom demais. As vezes acho um pouco triste ver que as crianças de hoje em dia estão cada vez mais adultas.

Feliz Dia das Crianças a todos vocês, meus queridos!
Que todo o colorido e a fantasia infantil permaneçam vivas em nós, sempre!

Show da Sandy em SP - Relato

Antes de escrever o relato da volta da Sandy aos palcos, eu acessei os arquivos do blog e reli os meus outros relatos. Então, desta vez, não vou começar este post pedindo desculpas pela demora hahaha. Até porque, não acho que tenha demorado tanto assim... o show foi no Sábado, hoje é Segunda; portanto, só demorou 2 dias. Além disso, foi por uma boa causa: edição de vídeos!

Não poderia falar da noite do dia 10 sem voltar 1 ano e meio no tempo, para aquela noite do dia 23/05/2014, quando a Sandy se despediu dos palcos para sua licença maternidade. A última música do último show da Turnê Sim foi repleta de emoção e até uma saudade antecipada, por que a gente não sabia quanto tempo aquela pausa duraria. O fato é que o tempo passou e, sim, nós resistimos aos longos meses que nos separaram da última música da Turnê Sim à primeira da Turnê 2015 (não gosto de chamar de Turnê Teaser... hehehehe).

Já antecipo que a palavra que vocês mais lerão por aqui será: emoção! Porque aquela estreia se resume à isso... emoção, o tempo inteiro!

Quando a Sandy anunciou a volta aos palcos, no dia da final do SuperStar, confesso que fiquei mais curiosa do que ansiosa. Não conseguia imaginar como tudo aconteceria. Como assim a Sandy montaria o show durante a estrada? Como seria no dia da estreia? Como seria esse DVD? Pensei em tudo isso e fiquei com medo de assistir uma Turnê Sim 2.0. Mesmo assim, era óbvio que iria ao show... ainda mais depois que saiu a agenda e vi que a estreia seria em SP. Porém, para ir à um show da Sandy é necessário passar por um momento muito tenso, que vai te pirar, te deixar com os nervos exaltados: a compra dos ingressos! Hahahaha. Não entendo pra que raios serve uma pré venda! Acho injusto mesmo. Ainda mais quando a pré venda é exclusiva para clientes de um cartão que ninguém tem (vulgo cartão HSBC). Comprei o meu ingresso no Setor 1, quando abriu para o publico em geral. Daquele dia até sábado, o tempo voou. Pisquei os olhos e já era dia 10 de Outubro.

Minha ansiedade pré-show começou no dia 10 mesmo; quando me dei conta de que há muitos anos eu não assistia a estreia de uma turnê. Ia assistir um show que não sabia nada do que ia acontecer, não sabia da setlist, não tinha visto o cenário e nem o figurino da Sandy. Não sabia o que esperar. Foi ai que achei que essa vida de assistir estreia não é pra mim, não hahahahaha não sei lidar com isso não. O negócio começou a ficar mais tenso no final da tarde, quando algumas informações começaram a pipocar na Internet. Uma delas confirmava "Refúgio" na setlist. Quem me acompanha por aqui sabe que é a minha favorita do CD "Sim" e uma das prediletas da carreira da Sandy. Seguem alguns quotes meus que confirmam isso:

"...a que ganhou o meu coração, me emocionou, me descreveu foi "Refúgio". Eu me encontrei naquela letra de um jeito muito intenso. Parece que a Sandy visitou os meus sentimentos e escreveu aquela música."
(14/06/2013 - sobre o CD "Sim")

"Em um determinado momento, os fãs pediram para que Sandy cantasse "Refúgio". Para minha surpresa, ela cantou o refrão. Quase morri de felicidade, porque é minha música favorita do "Sim". Inclusive, não entendi porque ela nunca incluiu essa música na setlist... é tão linda!"
(26/05/2014 - relato sobre o último show da Turnê Sim")

A oportunidade de ouvir essa música ao vivo mexeu comigo de um jeito inexplicável. Como já tinha comentado anteriormente, nunca entendi porque ela não tinha incluído essa música na setlist da Turnê Sim. Apesar de querer muito acreditar nisso, tentei não criar muitas expectativas... achei que seria bastante improvável que isso acontecesse. Além de "Refúgio", "Mais Um Rosto" também foi citada. Mais um motivo para duvidar um pouco, já que nem na Manuscrito Tour ela entrou. Além de tudo isso, ainda tinha a tal da música inédita que Sandy cantaria, pela primeira vez, naquela noite. Levei as duas baterias da minha câmera para garantir que traria pra casa vídeos desses momentos.

O show estava marcado para as 22 horas e, como eu sempre tenho problema com horário, resolvi sair com mais de 1 hora de antecedência. Tudo bem que era sábado, de noite, em fim de semana de feriado e que provavelmente a cidade estaria vazia... o medo de chegar tarde era maior. Não cheguei atrasada, mas cheguei as 21:30. Encontrei umas pessoas e fui para fila, que estava gigante. Entrei no HSBC e fui direto para o meu lugar. Não sei exatamente quanto tempo o show atrasou, mas não foi muito.

As cortinas se abriram e revelou-se um cenário peculiar, mas muito bonito. Alguns tapetes pendurados e uma pequena estrutura que me lembrou e muito uma porta daquelas antigas. Sandy entrou ao som da introdução de "Sim". Que música maravilhosa para começar! A melodia dela é muito forte e, ao meu ver, foi uma escolha super acertada. Relatar o que aconteceu durante essa música é impossível. Nenhuma palavra será capaz de descrever a emoção que foi compartilhada entre a Sandy e os fãs. Era uma coisa só... parece que fomos todos unidos por uma energia maior. Sei lá, foi meio mágico... minha sensação era a de que, finalmente, tudo estava no seu devido lugar, todos nós estávamos onde deveríamos estar. Era daquele jeito que deveria sempre ser. Ela e nós. A entrega dela e a nossa. Os anos de carreira dela e os nossos motivos de amá-la tanto assim. Nós a ovacionamos de pé e ela se emocionou. Ela não se conteve e nós fomos a sua voz por alguns instantes. Ela disse que amava muito tudo aquilo e nós... bom, nós apenas confirmamos que estávamos na mesma sintonia porque, de fato, também amamos muito tudo aquilo.


A cada música uma surpresa e a delícia de tê-la ali, de novo, no palco, cantando lindamente as músicas que sentimos tantas saudades de ouvir ao vivo. O show seguiu com "Ela/Ele" , "Perdida e Salva" (que, pra mim, sempre será uma das mais gostosas de cantar bem alto! hahaha), "Escolho Você".
O primeiro cover da noite foi "Só Hoje". Eu me surpreendi com a escolha dessa canção, porque nunca imaginei Sandy cantando Jota Quest. A música, que já é linda naturalmente, ganhou uma doçura a mais. Me emocionei muito. Já considero como o cover que Sandy faz como se fosse dela... tipo o que aconteceu com "All Star", na Turnê Sim. Não tem mais jeito, ela já é dona de "Só Hoje".

Depois veio "Pés Cansados". Gente o que acontece com essa música? Que poder que ela tem de emocionar a gente? Bom, pelo menos eu me emociono. Me faz lembrar a volta da Sandy aos palcos, em 2010... aqueles primeiros shows da Manuscrito Tour. Sem contar que me identifico muito com a letra.

Eis que, de repente uma introdução muito esperada começou a tocar... só consegui apertar REC antes de me desfazer em lágrimas e... ♪ Quando é difícil respirar... Quando é difícil descansar... ♪
SIM! A Sandy estava cantando "Refúgio"!! E eu estava me matando na plateia hahahaha. Quase tive um treco. Não estava acreditando. Queria compartilhar com alguém essa felicidade, mas como fui sozinha, guardei pra mim hahaha. Não cabia em mim de alegria! Enfim se confirmou aquele boato que tinha escutado. Feliz demais!! Filmei a música inteira pra assistir milhões de vezes depois.

Seguimos com "Segredo" e os dois covers que Sandy cantou no SuperStar: "Sina" e "Saideira". Particularmente, prefiro "Sina". <3

Então chegou um momento tão esperado por nós: música inédita. Sandy ensinou o refrão pra gente e nos apresentou para uma música leve, positiva e muito gostosa de ouvir. A junção da letra e da melodia me deu uma sensação boa, de liberdade, sabe? Adorei.

A próxima surpresa veio com "Mais Um Rosto". Música essa que sempre foi muito pedida pelos fãs e foi interpretada lindamente pela Sandy.

Depois veio "Morada" com toda aquela delicadeza que a gente conhece e ama. O próximo cover foi o de "Meu Bem, Meu Mal". Seguindo por "Sem Jeito" (que eu trocaria facilmente por "Quem Eu Sou" , que não entrou na setlist e fez falta!).

Na reta final do show, o momento mais aguardado por nós (sim, esse momento sempre vai ser muito aguardado haha): hora de relembrar Sandy e Junior de de os fãs irem a loucura. As músicas escolhidas foram: "Nada É Por Acaso" e "Não Dá Pra Não Pensar". GENTE!! "Nada É Por Acaso"!! Como assim?? Há mais de 10 anos Sandy não cantava essa música e foi TÃO lindo. Só não gostei muito do repeteco de "Não Dá Pra Não Pensar". Longe de mim reclamar de alguma música de Sandy e Junior.. qualquer uma que ela cantasse seria lindo, até "Fazenda do Chico Bento"! Mas, poxa, a discografia da dupla é tão extensa, tem tanta coisa boa, porque repetir? Enfim... mesmo assim, essa música tem uma coisa diferente. Sandy parece gostar de cantá-la e os fãs piram aos primeiros acordes. Então tá... tudo certo.

A última música foi "Aquela dos 30" e o bis foi "Ponto Final". A tão famosa invasão rolou só nessas duas últimas músicas... ainda bem!

O show acabou e, além de me deixar com gosto de quero mais, me deixou super curiosa para saber quais as mudanças que virão. O que espero ver é o cenário completo e algo que faça aquela estrutura de porta ter um pouco mais de sentido. Espero que, se a setlist sofrer alterações, que sejam apenas adicionadas músicas e que nenhuma seja retirada, porque está perfeito do jeito que está. Fiquei pensando também sobre o DVD... não consegui encaixar o Gilberto Gil em nenhuma musica hahahaha. Já o Tiago Iorc imagino que cante "Só Hoje"... sei lá, foi a que mais achei o estilo parecido. A não ser que cantem juntos uma música do repertório dele (acabei de pensar o mesmo sobre o Gil...). Não sei, só fiquei pensando e desejando ter esse DVD o mais rápido possível hahaha.

O show foi maravilhoso, cheio de emoção e energia boa. Que delícia ver a Sandy tão solta, tão entregue, com liberdade e espaço para ser quem ela realmente é e nos presenteando com T-O-D-A  aquela potencia vocal que não é desse mundo. Demais. Emocionante.

No final das contas, descobri que apesar de toda a ansiedade, tem muito mais graça assistir à estreia de um show. É tudo mais espontâneo... e as surpresas tornam cada momento ainda mais emocionante. Me contradizendo, descobri que sou sim uma pessoa para assistir estreias hahaha.

O que resulta de uma noite tão incrível, é o peito cheio de alegria, o coração transbordando de amor e a certeza de que esse amor é, sim, eterno e incondicional. Pode vir o que vier... eu to sempre aqui. Pode acontecer o que for... meus pés sempre voltarão para o meu lugar seguro, para aquele cantinho que me acalma sempre e me salva de mim. Pra ela. Por ela. Sempre, pra sempre, pra Sandy.
Melhores momentos do show de estreia, especialmente para vocês! 

10 de out de 2015

"Foi difícil, fiquei sem dormir. Mas a maternidade é uma boa causa", diz Sandy

"Sou pavio curto. Injustiça é um negócio que eu não aguento", diz Sandy, que volta aos palcos neste sábado (10) (Foto: Divulgação/ Rede Globo)Depois de um ano e meio sem pisar nos palcos, Sandy está de volta. Os ingressos do primeiro show da turnê Sandy 2015, neste sábado (10), no HSBC, em São Paulo, estão esgotados. Mas a casa reservou a data seguinte para atender aos fãs 'órfãos'. "Fico muito feliz com isso, porque fica uma galera chorando porque não tem ingresso e fazer show é minha paixão", diz. Depois ela segue para o Rio de Janeiro (dia 17), Belo Horizonte (23) e Paulínia (30). Intitulada por ela carinhosamente de 'turnê-teaser', os shows são um aquecimento para a gravação do CD e DVD nos dias 14 e 15 de novembro, no Teatro Municipal de Niterói, com participação de Gilberto Gil e Tiago Iorc.

Sandy deu uma pausa na carreira para cuidar do filho, Theo, de um ano e três meses, fruto do relacionamento com o músico Lucas Lima, e para participar como jurada do programa 'Superstar'. "Cancelei o projeto do meu terceiro álbum de estúdio, porque teria que pensar num repertório inédito e levaria muito tempo. Estou num ritmo diferente e, no meio do processo, fiquei com muita vontade de voltar aos palcos e não podia esperar um CD novo". O DVD só ficará pronto no próximo ano e o show seguirá o perfil intimista e minimalista já característicos da cantora. No repertório, canções dos álbuns solo 'Manuscrito' (Pés Cansados, Quem Eu Sou, Ela/ Ele) e Sim (Aquela dos 30, Escolho Você, Ponto Final), além de releituras de sucessos de artistas consagrados e alguns clássicos de Sandy & Junior e, é claro, algumas inéditas.

Como será o show?
Vai ser bem diferente de tudo o que já fiz até hoje. A banda é a mesma e o formato é para teatros um pouco menores, para eu ficar mais próxima do meu público. A Sandy da carreira solo canta para mil, no máximo duas mil pessoas. Cuido pessoalmente de todos os detalhes e tive um encontro com Raoni Carneiro (diretor) e começamos a viajar no conceito. Então resolvi fazer alguma coisa que tivesse o meu estilo, mas o máximo diferente possível da minha carreira solo. Acho que o show está com a cara linda, um conceito bacana, tem tudo a ver comigo. Meus convidados são maravilhosos e sou admiradora dos dois. Do Gil não tenho o que falar, com aquele talento inquestionável e mais de 50 anos de carreira. O Tiago é incrível. Conheci o trabalho dele há pouco tempo e me identifico com o estilo. Acho que nossa voz vai casar bem. Ainda não posso revelar o que vamos cantar e prefiro fazer surpresa para os fãs, mas tenho algumas poucas inéditas que vou colocar.

Você é conhecida pelo perfeccionismo. A maternidade mudou isso?
Sou uma perfeccionista incurável, mas a maternidade ensina muito. Hoje consigo perceber quando tenho um perfeccionismo sem sentido. Fiquei menos exigente. Tem que ter jogo de cintura. Mudei muita coisa e foi muito melhor do que achei que seria. Ser mãe era um sonho, um objetivo, uma coisa que queria demais e uma grande realização, mais do que esperava. Não dá para mensurar. Estou muito feliz, realizada e me sentindo muito mais completa do que já senti na minha vida. Uma das coisas mais importantes foi que eu mudei o foco. Cresci acostumada a olhar para mim mesma e, sendo artista, é muito pior. Todo mundo diz que você é incrível, tenho muitos fãs, faço show e todo mundo me aplaude, a família me ama e valoriza e, com isso, o foco fica voltado para si mesmo. Quando vem uma criança o foco muda. Ela é o mais importante e a gente aprende a olhar o outro.

O Theo é tranquilo?
No começo foi difícil, fiquei sem dormir, mas a causa é tão boa que você nem vê as desvantagens da maternidade. Ele tem horários bem certinhos, uma ótima alimentação e o sono reservado. É muito forte, grandão, alegre demais... É uma criança maravilhosa. E atualmente dorme 12 horas por noite, diretão. Mas ele tem muita energia e fico muito cansada porque corro atrás dele o dia inteiro. Depois que ele fez um ano começou a andar rápido demais, é arteiro, sapeca, adora carro e bola. Estou babando o tempo inteiro e não consigo me acostumar com essa alegria de ser mãe. Fico todo dia admirada o quão grande e maravilhoso a vida de mãe é boa. Fui aos Estados Unidos e enchi uma mala de coisas para ele e não consegui colocar meia mala de roupas para mim. É muito mais gostoso cuidar dele do que fazer compras para mim.

E como ficou a vida amorosa?
Eu e Lucas conseguimos encontrar um equilíbrio bem legal como casal, para não esquecer um do outro e manter o relacionamento aquecido. Acho isso importante. Ele é um paizão e, por isso, estou ainda mais apaixonada. Estou num ciclo de felicidade que não tem fim e conseguimos administrar bem o casamento, trabalho e filho. O romance até melhorou. Óbvio que nos primeiros meses fiquei muito voltada para o Theo, mas nos preparamos para isso. Ele é muito compreensivo e eu fiquei muito atenta a ele também. Fui cuidadosa e fiz a minha parte de não tentar esquecer dele e ele fez a parte dele de compreender se eu esquecesse um pouquinho. Assim fizemos dar certo.

Pensa num irmão para Theo?
Às vezes fico um pouco balançada com a ideia só por causa dele, porque é legal ter um irmão. Para mim é incrível ter o Junior, mas eu penso na minha responsabilidade social. Todo mundo deveria ter um filho só porque o mundo está superpopuloso. Mas também penso: nunca vou passar por isso de novo? Por enquanto estou convicta em não ter. O Lucas também está irredutível, mas não podemos dizer nunca.
"Theo tem horários bem certinhos, ótima alimentação e o sono reservado. É muito forte e alegre demais", diz a cantora (Foto: AG. News)

Como lida com a fama?
Sou uma pessoa simples. Não consigo ter a noção do tamanho da minha fama e nem gosto de pensar nisso. Sou uma pessoa normal e quero continuar me sentindo assim até para não perder os pés do chão. Juro que não sabia 15% do que eu era como Sandy & Junior e hoje eu percebo mais do que naquele tempo. Também não penso no tamanho que tenho como artista solo, se sou influente, se estou entre as mais sexy, se sou isso ou aquilo, quantos milhões de seguidores tenho no Twitter, Facebook ou Instagram. Tento não me preocupar porque acho que o foco tem que estar no meu trabalho, na minha música, que faço porque amo, não porque quero fazer sucesso, ficar famosa, estar nas revistas ou ter status de celebridade. Sou uma dona de casa enlouquecida. Parece que sou uma super-heroína, uma mulher-maravilha, mas eu tenho tantos problemas... Minha vida é tão carne e osso, tão real. Hoje, por exemplo, fiquei sabendo que a minha diarista não vai mais aparecer esta semana e tenho que resolver esse pepino senão a casa vai ficar suja. Tenho uma vida normal, sou mãe, limpo o coco do meu filho e esses dias ele vomitou em cima de mim. Com isso não dá para lembrar da minha fama. O glamour é nas revistas, mas a vida real continua.

O que mais te incomoda?
A regra número 1: não interrompa um artista quando ele está comendo. É falta de educação. Também me interromper quando estou assistindo a um filme ou a um show. É chato perder aquilo que você está louca para ver.

Já deixou de fazer algo por causa disso?
Não deixo de fazer nada. Só adapto os meus compromissos, como por exemplo, não vou ao restaurante mais cheio da cidade no horário de pico. Não vou ao cinema no dia mais barato no horário de pico, mas num dia tranquilo e entro quando a luz da sala se apaga. Evito lugares mais lotados e faço alguns truques. Quando vou à Disney e lá só tem brasileiros, as pessoas me param o tempo todo, não posso dar cinco passos sem tirar uma foto. Mas eu me acostumei e já saio do hotel sabendo que isso vai acontecer.

O que ninguém sabe sobre você?
Eu sou pavio curto e me irrita ser vista como uma pessoa que não é humana. Eu não dou muita polêmica e isso não é interessante para a imprensa. Eu preservo minha vida pessoal e as pessoas confundem isso com arrogância e isso me deixa chateada. Injustiça é um negócio que eu não aguento. Sou muito certa com as coisas e procuro não julgar ninguém.

Fará algo para celebrar os 25 anos de Sandy & Junior?
Percebo uma certa movimentação do público, mas não bateu a vontade na gente ainda. Estamos bem na carreira solo. Não posso dizer nunca e, se der vontade de fazer uma coisa informal para comemorar essa história que a gente viveu juntos, ok, mas não é um plano nosso.

Fonte: Epoca
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...